O Cristão e a Teoria das Janelas Quebradas

Em 1982, um cientista político e um psicólogo criminologista autores da teoria das janelas quebradas acreditavam que se uma janela de uma fábrica fosse quebrada e não fosse arrumada imediatamente, as pessoas ao passarem por ali pensariam que ninguém se importava com aquilo e que os responsáveis não seriam punidos pelas autoridades. Logo, em pouco tempo, as pessoas começariam a atirar pedras para quebrar as outras janelas da fábrica e não se importariam com suas próprias casas..

Para comprovar a teoria eles realizaram um experimento abandonando dois veículos idênticos em bairros totalmente diferentes, um bairro de extrema pobreza e outro muito luxuoso.

No bairro mais carente, em apenas um dia o veículo já estava completamente depenado. Enquanto no bairro de melhor condição, o veículo permaneceu estacionado por 7 dias sem qualquer incidente.

Os pesquisadores pensavam que a pobreza seria o fator primordial para a criminalidade, mas decidiram ir um pouco além quebrando dois vidros do carro no bairro rico. No dia seguinte, “curiosamente” o carro havia sido depenado.

Os cientistas concluíram que não era a pobreza a causa da criminalidade, mas a sensação da impunidade, do descaso, do abandono gerada pela falta de valor, de cuidado e de importância com os bens.

Trazendo para nossa realidade, os problemas precisam ser resolvido quando surgem ainda pequenos para que não haja a sensação de descaso e/ou impunidade que aumenta a possibilidade de os problemas maiores surgirem.

Nossa sociedade está neste processo em nível acelerado principalmente em questões morais e éticas. Vemos alguém sofrendo e já não nos comovemos. Vemos alguém pedindo comida e nos desviamos. Vemos tantos tiros e assassinatos nos filmes na TV que nos tornamos insensíveis.

Como cristão, precisamos rever nossos valores alinhando-os aos valores eternos e universais de Deus corrigindo aquilo que estiver quebrado ou com problema o quanto antes.

Servir ao Senhor, nossos Deus, significa transmitir ao mundo, à Grande Vitória, à Goiabeiras, à sua família, os valores de Deus através de sua vida com seu comportamento E recursos.

Como cidadão e como cristão você tem a responsabilidade de zelar, em primeiro lugar, pela sua casa e, ao mesmo tempo, de ajudar e impulsionar os que estão ao seu redor a zelar pela casa deles também fortalecendo o bairro, a cidade, etc.

Como cristão você precisa aprender a viver os princípios de Deus na sua casa além de vivê-los fora de casa socorrendo os necessitados, doentes, estrangeiros, etc.

Nosso convívio em comunidade, nossa vizinhança começam a mudar com minha atitude. Por isso, DESAFIO VOCÊ A RESOLVER O QUE ESTIVER QUEBRADO NA SUA CASA e a resolver o que estiver quebrado nos seus relacionamentos (abrace mais, reclame menos, beije mais, grite menos).

CONSERTE IMEDIATAMENTE AS JANELAS ASSIM QUE ELAS QUEBREM.

Goiabeiras, o Brasil e o mundo vão mudar por sua atitude.

Faça a sua Reserva